domingo, 1 de fevereiro de 2009

Crônica:

COISA DE LOUCO...

Sempre achei que fosse capaz de escrever sobre qualquer COISA.
Resolvi testar-me neste respeito e ao decidir-me por uma COISA, a COISA me pareceu fácil. Mas eu estava imaginado COISAS...
Depois de tentar por COISA de uma hora, descobri que “uma COISA é uma COISA e outra COISA é outra COISA!” (Que COISA não?)
O pior é que essa COISA começou a me incomodar.
Tentei tirar a COISA da cabeça, pensar em outra COISA, mas não deu...
Comecei a sentir COISAS estranhas e percebi que as COISAS estavam ficando pretas.
Parecia COISA feita.
Novamente tentei convencer-me de que a COISA não tinha tanta importância, que eu não precisava provar coisa nenhuma, essas COISAS...
Pensei: “Se eu desistir da COISA, o que é que tem?”
“Muita COISA!” respondeu meu ego. Foi aí que me ocorreu uma COISA:
Se o que me motiva a levar essa COISA adiante é pura e simplesmente agradar o meu ego - aí tem COISA!
Por isso definitivamente resolvi deixar a COISA como está para ver como fica.
Acho que é a COISA certa a fazer.
Apenas estou comunicando minha decisão para que a COISA fique devidamente registrada.
Sei lá, talvez não seja lá grande COISA, e pode ser até que, para quem não entende da COISA eu nem esteja dizendo COISA com COISA, no que podem ter razão.
Mas uma COISA eu garanto: mudei de idéia sobre essa COISA de ser capaz de escrever
sobre qualquer COISA.
Posso ver as COISAS com mais clareza e até quero dizer uma COISA para quem pensa
a mesma COISA: Cuidado com a COISA que a COISA não é brincadeira!
Descobri isso quando, entre tantas COISAS fui escolher como tema sobre o qual discorrer justamente essa COISA: a COISA!
COISA de louco!

(Pedro Ornellas)

2 comentários:

Sérgio Ferreira da Silva - Sergílio da Uspecéia - Sergio Ferreira - Serginho Ferreira - Serjón e de alguns outros nomes... disse...

Cada coisa que aparece na internet!

Regiane disse...

E eu larguei outra coisa pra ler esta coisa... que coisa!